Bio

TOZÉ DIOGO

Figura máxima da cultura do vinil em Portugal, Tozé Diogo é um dos artistas mais ecléticos e reformistas do seu tempo.

A sua biografia é, deveras, impressionante e, de tão extensa, tarefa quimérica de ser verbalizada no seu todo.

Toca pela primeira vez em Coimbra, no ano de 1997. Desde então, actuou de Norte a Sul, em todas as casas de prestígio e direcionadas à música electrónica.

De destacar, alguns momentos e locais, pela sua singularidade: o barco do “Dance in Douro”; a “Festa das Flores”, na linha de Cascais, à beira-mar; o “Indústria Club”, no Porto; a disco “Vaticano”, em Barcelos; o bar “Brownie”, um ginásio de música avançada, na capital; a sua primeira actuação no “Festival do Sudoeste”, ao fazer o seu encerramento; a sua residência noBar do “Lux”, entre 1999 e 2002; e, por fim, a sua residência na "Urban Sound", no Porto, deonde, juntamente com o Zé Salvador, nasceu a dupla Full Metal Funk.

Além-fronteiras, elevou a sua música à escala global, ao girar discos em Espanha, Inglaterra, Alemanha, Macau, Brasil e E.U.A. Já no próximo mês, após a sua passagem pela Réssonance, em Faro, irá tocar ao Cambodja.

Par a par com o seu trabalho na área da Realidade Aumentada e Realidade Virtual, dedicou-se, também, aos discos, na sua compra e venda e enquanto DJ. Ainda hoje é apelidado por muitoscomo o maior “dealer” de vinil em Portugal. Há cerca de 1 ano, regressa à sua terra de origem,Olhão, para dedicar-se apenas aos discos.

A sua música reflecte a sua cultura e sapiência na matéria. Por onde passa, leva consigo réstias da sua colecção invejável e requintada de vinil. Esta partilha, que transpõe dos pratos para a pista, é ímpar e digna de ser ouvida e apreciada.

Tozé Diogo não deixa margens para dúvida, é uma figura mítica e incontornável na “dance scene”, desde os seus primórdios, à actualidade.

Texto de Ester Grácio Réssonance 21/01/2018